← Voltar

Lisboa,

Novos donos do BPN Crédito querem “relançar financiamento”

Os novos donos do BPN Crédito querem “relançar o financiamento” dado pela unidade, que passa das mãos da Parparticipadas para a Firmus SGPS, por um valor inicial de 36 milhões de euros.

A Firmus é detida pela sociedade gestora de ‘private equity’ britânica Cabot Square Capital e pelo ‘private equity’ português Eurofun, liderado por Luís Monteiro d’Aguiar. Este, em declarações ao Diário Económico, defende que “a instituição tem uma carteira de crédito de elevada qualidade assim como uma equipa de gestão com muita experiência que trabalha em conjunto há muito tempo.

Estamos apostados em aperfeiçoar esta plataforma para fazer crescer a instituição”. “No curto prazo prevemos relançar o financiamento concedido pelo BPN Crédito, graças à excelente relação que a instituição sempre manteve com as redes de concessionários automóveis em todo o país”, acrescenta o responsável. Nos últimos meses, a actividade de concessão de crédito do BPN Crédito tinha vindo a desacelerar, exactamente devido ao processo de compra, pelo que poderá haver agora condições para alguma normalização.

A instituição, focada no crédito automóvel, mas também no ‘factoring’, tem actualmente 184 trabalhadores, que transitaram do grupo BPN para a esfera estatal após a absorção de alguns activos do grupo entretanto comprado pelo Banco BIC Portugal, liderado por Mira Amaral.

Com esta operação, o Estado português abate mais um pouco da factura suportada com a nacionalização do BPN, o que tem vindo a ser feito através da venda de empresas e participações na com o esforço de recuperação de créditos que não ficaram com o BIC, aquando da venda do BPN.

Fonte: Económico